sexta-feira, 28 de outubro de 2011

O que a maconha faz???


Um novo estudo pode ter descoberto como a maconha afeta o nosso cérebro. É sabido que a droga prejudica a nossa memória e cognição, e, agora, uma pesquisa com ratos indica que isso é porque a maconha faz o cérebro ficar fora de sincronia. O resultado disso assemelha-se aos efeitos da esquizofrenia.
Os pesquisadores neurocientistas mediram a atividade elétrica das células nervosas de ratos que receberam uma droga que imita o efeito do ingrediente psicoativo da maconha, chamado de tetrahidrocanabinol (THC).
A droga em si tem apenas efeitos sutis sobre as regiões cerebrais individuais, no entanto, ela interrompe a atividade coordenada entre as regiões do cérebro.
Especificamente, os pesquisadores descobriram que a droga interrompeu as flutuações coordenadas da atividade elétrica – chamadas de ondas cerebrais – em todo o hipocampo e o córtex pré-frontal. O resultado parecia com dois instrumentos dentro de uma orquestra tocando fora de sincronia.
A falta de sincronização entre o hipocampo e o córtex pré-frontal – áreas do cérebro associadas à memória e à tomada de decisões – também está associada com a esquizofrenia.
Sendo um grupo de distúrbios cerebrais graves, a esquizofrenia leva as pessoas a interpretar a realidade de forma anormal. Seus sintomas podem incluir uma combinação de alucinações, ilusões e pensamento e comportamento desordenados.
Como resultado da interrupção de sua atividade cerebral, os ratos do estudo se tornaram incapazes de tomar decisões precisas enquanto navegavam em torno de um labirinto.
O abuso de maconha é comum entre pessoas que sofrem de esquizofrenia. De fato, outros trabalhos recentes mostraram que o ingrediente psicoativo da maconha pode induzir alguns sintomas de esquizofrenia em voluntários saudáveis.
“Essas descobertas são importantes para nossa compreensão das doenças psiquiátricas, que podem surgir como consequência de cérebros ‘desorquestrados’ e que poderiam ser tratadas através do reajuste da atividade do cérebro”, disse o pesquisador Matt Jones.
“Os resultados são um importante passo adiante em nossa compreensão de como a atividade rítmica no cérebro constitui a base de processos de pensamento na saúde e na doença”, disse o outro autor do estudo, Michal Kucewicz.[LiveScience]

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Pastor Marco Feliciano volta a ser filiado a Convenção das ADs do Ministério do Belém (CONFRADESP)

Pastor Marco Feliciano volta a ser filiado a Convenção das ADs do Ministério do Belém (CONFRADESP)


 
Pr. Marco Feliciano - Confradesp - Foto Thiago Bertulino

Mais de 1 mil ministros receberam por unanimidade o líder da AD
Catedral do Avivamento em Orlândia (SP)

Durante a primeira sessão plenária da 38ª AGO, Assembleia Geral Ordinária, evento que reúne os pastores e evangelistas de todo estado de SP, Unidos através da Convenção Fraternal das ADs no Estado de São Paulo (CONFRADESP), que é a Convenção das ADs do Ministério do Belém, presidida pelo líder da CGADB, pastor José Wellington Bezerra da Costa, na manhã desta terça feira, 04 de outubro, em seu templo sede, o pastor e deputado federal, Marco Feliciano, presidente da Assembleia de Deus, Catedral do Avivamento em Orlândia (SP),  foi recebido novamente como membro da Convenção Estadual.

Pastor Marco Feliciano já foi ligado a CONFRADESP por muitos anos, mais há algum tempo havia pedido desligamento da mesma, por ocasião da 38ª AGO o ministro enviou requerimento a mesa diretora da instituição pedindo novamente sua reintegração ''O filho a casa torna, havia me desligado da CONFRADESP, do Ministério do Belém há algum tempo, mais quero voltar a minha casa, a minha igreja de onde sai e onde nasci...'' foram as palavras do ministro aos mais de mil obreiros presentes a AGO.

Quando o presidente, pastor José Wellington Bezerra da Costa informou ao plenário que o ministro havia pedido desligamento outrora, e hoje pedia sua reintegração, e propôs a aprovação, a aceitação foi unânime, o que alegrou o deputado federal que afirmou ''achei que o único que pudesse me rejeitar fosse o pastor e deputado Paulo Freire, pois ocupamos um mesmo cargo publico, porém, eu e o pastor Paulo somos amigos, não concorrentes...'' finalizou.
O pastor Marco Feliciano agradeceu a liderança da denominação e aos pastores presentes pela demonstração de carinho, receptividade e acima de tudo, fraternidade, o que segundo ele é peculiar aos ministros da CONFRADESP.

Médicos lançam campanha de conscientização sobre osteoporose

desconhecida por muitos brasileiros.

A osteoporose se caracteriza pela perda da densidade do osso. Ela é uma doença multifatorial, ou seja, não tem causa única, mas é provocada e/ou agravada por uma combinação de motivos: idade avançada, baixa ingestão de cálcio, falta de exposição à luz solar, sedentarismo, fumo, consumo excessivo de álcool e café e a menopausa, no caso das mulheres, por conta da diminuição da produção do hormônio estrogênio.

Atividade física é importante na prevenção e tratamento da osteoporose

As consequências dessa perda de massa óssea variam desde sifose (deformidade da coluna) e dores até o favorecimento das fraturas, que, por sua vez, estão associadas a um aumento na mortalidade. Estatísticas mostram que 10% a 20% dos pacientes tornaram-se incapacitados após uma fratura de quadril, enquanto que 20% a 35% deles morrem em decorrência de complicações.

Se a doença é multifatorial, o diagnóstico também é. A principal arma na detecção da osteoporose é a densitometria óssea, exame que analisa a densidade dos ossos. Mas os fatores de risco citados acima também devem ser levados em consideração. Por exemplo, se um exame de densidade óssea apontar que o paciente tem uma osteopenia (um estágio de descalcificação do osso pré-osteoporose), mas essa pessoa sofreu uma fratura, o médico pode considerar que ela já tem osteoporose e começar um tratamento.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Wagner anuncia horário de verão na Bahia


Da Redação
Fernando Amorim | AG A TARDE
Com o horário de verão, o relógio deve ser adiantado em uma hora no dia 16 de outubro
Com o horário de verão, o relógio deve ser adiantado em uma hora no dia 16 de outubro
Depois de oito anos, a Bahia vai voltar a ter horário de verão  este ano. O anúncio foi feito pelo governador Jaques Wagner em entrevista a uma emissora de televisão. "Peço desculpa a quem discorda, mas a decisão foi tomada depois de muita consulta", disse Wagner.
De acordo com ele, foi realizado um levantamento para analisar o horário do nascer do sol durante o horário de verão, que vai de 16 de outubro de 2011 até 26 de fevereiro de 2012. Esse estudo revelou que o sol nasce de 45 a 47 minutos mais cedo neste período na Bahia.
Wagner justifica a adesão ao horário de verão por permitir negociação com empresas do sul, sudeste e centro-oeste, que aderem a mudança no relógio. "Não tem porque colocar a Bahia fora do resto do Brasil. Quando Brasília abre o dia, a gente ainda não começou. Quando a gente ainda está funcionando, Brasília já fechou", explica.
Com o horário de verão, o relógio deve ser adiantado em uma hora no dia 16 de outubro.